Laje Pré-Moldada – Descubra suas vantagens e tipos aqui!

Laje Pré-Moldada – Descubra suas vantagens e tipos aqui!

A laje pré-moldada é um elemento da construção civil cuja a função é distribuir a carga ou peso dos demais elementos entre as vigas e pilares de sustentação.

São formadas por vigotas de concreto usinado e lajotas, também de concreto ou então de outros materiais como cerâmica. Essas lajes são montadas dentro da própria construção. Assim, por esses detalhes se diferem das pré-fabricadas que já vem prontas de fábrica.

Quais as vantagens do uso de laje pré-moldada

O maior benefício deste tipo de estrutura é a grande capacidade de preenchimento de espaços com pouca altura exigida. Elas proporcionam rapidez no trabalho no canteiro de obras. Uma vez que reduz consideravelmente a mão de obra e outros gastos. Desse modo, é sinal de economia ao dono da obra e agilidade às construtoras.

Publicidade


Veja aqui como é feita a laje nervurada!

Conheça os tipos de lajes pré-moldadas

Os tipos de lajes pré-moldadas mais utilizadas são:

Lajes treliças ou tavelas:

A laje treliça é formada por vigas de concreto que contam em sua estrutura uma base de cimento que funciona como base à estrutura metálica. É revestida por concreto ou por cerâmica.

Publicidade

Posteriormente a toda estrutura estar montada é aplicada sobre ela uma pequena camada de concreto para unir todas as partes. Pode ser utilizada em obras de todos os tamanhos. No entanto, desde que respeitados seus limites de abrangência e segurança estrutural.

Lajes treliças com EPS:

Lajes treliçada com EPS-min
Concretando uma Laje com EPS

As lajes com EPS são exatamente como o modelo anterior, havendo apenas um componente diferente, ao invés das lajotas de cerâmica são usadas placas de isopor também chamado de EPS.

Assim, o maior benefício desse sistema é o grande isolamento térmico e acústico que as placas de EPS proporcionam. Além disso, a maior facilidade de manuseio do sistema pela leveza desse material. A instalação de toda a tubulação que precisa passar pela laje também ficou mais simples de fazer.



Lajes treliças com EPS
Lajes treliças com EPS

Lajes alveolares:

Esse modelo é formado por painéis de concreto vazado com alvéolos longitudinais responsáveis pela diminuição do peso da estrutura.

Assim, todo material utilizado nessa laje é de maior resistência, desde o concreto até o aço que neste caso é específico para protensão. É encontrada em grandes estruturas e obras de grande porte assim como cinemas, hospitais, escolas, dentre outras.

Lajes de painéis treliçados:

Muito semelhante às lajes treliçadas, esse modelo apresenta uma base maior formando nervuras maiores, assim, que proporcionam uma maior resistência. Dessa forma, aqui é possível aplicar uma carga bem superior aos outros modelos.

São montados lado a lado e logo após serem concretados suportam cargas superiores a 1000kgf/m². Não precisam ser rebocados e apenas a aplicação de um verniz se faz necessário para sua impermeabilização e proteção da estrutura metálica interna.

Lajes com vigota “T”:

Esse é o modelo de laje pré-moldada mais usual estando presente na maioria das construções. Essas estruturas são formadas por vigotas de concreto e tavelas de cerâmica.

Laje pré moldada
Laje pré moldada

As vigotas são de concreto maciço e apresentam a estrutura metálica aparente para o encaixe dos tijolinhos que preenchem os vãos da estrutura. A área a ser preenchida pela laje é dividida pelo número de vigotas e tavelas que serão utilizadas.

Como todos os outros modelos, é necessária uma camada de concreto para a união de todas as peças. São indicadas para pequenos projetos de edificação e com pouca carga.

Publicidade

Se você possui outra dúvida sobre o uso da laje pré-moldada, suas vantagens e qual o modelo mais adequado para sua obra, deixe sua mensagem.

Veja também como é feito o Contrapiso!

O que achou desta matéria?

Clique para avaliar!

Avaliação média / 5. Votos: